Trânsito – Fatos e números

A Suíça dispõe de uma rede de transportes densa e eficiente composta por estradas e trilhos.

© EDA, presença suíça

  • A rede de transportes da Suíça engloba em torno de 73.000 km de estradas, 5.200 km de trilhos ferroviários, 551.700 km de linhas de companhias aéreas suíças, 21.500 km de vias rodoviárias públicas e 1.000 km de vias férreas de montanha.
  • Os Suíços são, atualmente, os detentores do recorde mundial em termos de quilômetros percorridos de trem: em média, cada habitante da Suíça percorre anualmente 2400 km de trem dentro do país.
  • A estação ferroviária mais elevada da Europa encontra-se a 3454 m acima do nível do mar, na montanha Jungfraujoch, no cantão de Berna.
  • Na Suíça há um total de cerca de 1800 túneis e 25.000 pontos de parada de transportes públicos.
  • A mais importante construção é o túnel de base de São Gotardo, inaugurado em 2016, com um comprimento de 57 km. No túnel ferroviário mais longo do mundo transitam diariamente 352 trens a velocidades até 250 kmh.
  • Na Suíça existem três aeroportos internacionais (Zurique, Genebra e Basileia) e 11 aeroportos regionais, 49 aeródromos e 24 aeródromos para helicópteros.
  • Os seis maiores aeroportos da Suíça procedem anualmente ao check-in de quase 58 milhões de passageiros aéreos.
  • Em 2018, foram registrados cerca de 6,1 milhões de veículos motorizados na Suíça, dos quais 4,6 milhões eram automóveis.
  • Basileia é o porto de registro da frota de alto mar suíça.
  • Com 15 navios, a companhia Schifffahrtsgesellschaft Vierwaldstättersee (Companhia de navegação do Lago dos quatro cantões) opera a maior frota de embarcações motorizadas em água interiores.
  • Com cerca de 2028 trens diários, a via férrea que vai da Ferroviária Central de Zuriqueaté Zurique Langstrasse é atualmente a mais percorrida da Suíça.
  • Entre 1980 e 2018, a quantidade de mercadorias transportadas nos trilhos e estradas dos Alpes mais do que duplicou para 39 milhões de toneladas.
  • A via férrea de montanha entre Vitznau-Rigi, inaugurada em 1871, é a mais antiga de toda a Europa.
  • A linha nº 10 do bonde da Baselland Transport BLT de Dornach para Rodersdorf é a mais longa da Europa. Com um percurso de 25 km, passa por três cantões (Basileia-Campo, Basileia-Cidade, Soleura) e dois países (Suíça e França).
  • A linha automática M2 do metro de Lausana supera uma diferença de altura de 338 m com inclinações de até 12%. No que respeita a metrôs com pneus de borracha, este é o recorde mundial.